Saúde Sexual - Informações sobre sexo e sexualidade

Orgasmo Clitoriano X Orgasmo Vaginal - Parte 1

Articles / Relacionamento
Date: Dec 11, 2006 - 07:05 AM

Por Anne Griza
Psicóloga e Sexóloga

Por definição, orgasmo clitoriano é aquele que acontece no clitóris, enquanto o vaginal é aquele que acontece na vagina, podendo acontecer de forma combinada também. Houve uma grande discussão sobre qual dos dois seria o mais adequado na vida sexual adulta, e qual dos dois seria mais prazeroso.



Esta discussão tomou maiores proporções quando Freud afirmou que a mulher teria orgasmos clitorianos numa vida sexual primitiva, ou seja, durante as fases oral, anal, fálica e latência de seu desenvolvimento psicossexual. Quando ela tivesse atingido a vida sexual adulta (a fase genital), seus orgasmos seriam vaginais, indicando maturidade física e psíquica. Caso a mulher não conseguisse atingir o orgasmo vaginal na maioria das relações sexuais, era considerada por ele como imatura sexualmente.

Algumas décadas depois, Alfred Charles Kinsey, entomologista e zoólogo nos Estados Unidos (autor do famoso Relatório Kinsey), desmistificou esta idéia, afirmando que o clitóris teria participação ativa no orgasmo feminino, não significando isso imaturidade ou problemas sexuais. Este autor abriu portas para o maior entendimento do orgasmo feminino, contribuindo, com isso, para a revolução sexual da década de sessenta.

Hoje se afirma que o orgasmo pode ser tanto vaginal quanto clitoriano, ou ainda, combinado. Normalmente, as mulheres têm orgasmos clitorianos, pois estes são mais fáceis de serem atingidos e mais intensos do que os vaginais. Ter um ou outro tipo de orgasmo não tem nada a ver com saúde sexual, mas sim, com capacidades individuais e autoconhecimento.

O clitóris contém muitas terminações nervosas, que são responsáveis pelo prazer sexual. A estimulação desta região causa um orgasmo bastante intenso, porém mais agudo, isto é, de pouca duração. Além disso, a sensação deste orgasmo fica mais concentrada nos órgãos genitais. O orgasmo clitoriano pode acontecer durante a masturbação, ou mesmo durante o ato sexual, por estimulação da mulher ou do próprio parceiro.

A vagina contém terminações nervosas em sua porção inicial (cerca de três ou quatro centímetros), em número relativamente menor do que o clitóris, porém, com a estimulação do pênis ou mesmo outras formas de estimulação, é possível experimentar o orgasmo vaginal, mais intenso, duradouro e sentido como se acontecesse com o corpo todo, não somente com os órgãos genitais.

Existe também o chamado orgasmo combinado, que é aquele sentido tanto na vagina quanto no clitóris. Ele é obtido através da penetração vaginal e simultânea estimulação clitoriana, seja pela própria mulher, pelo homem ou ainda, de partes do corpo masculino (a barriga, ou os testículos durante o ato sexual na posição de cachorrinho, por exemplo). Poucas mulheres conseguem atingir o orgasmo combinado, mas ele pode acontecer em algum momento de suas vidas.

Não se pode esquecer que não basta a estimulação do clitóris ou vagina para acontecer determinado tipo de orgasmo. Mesmo na penetração do pênis na vagina, o orgasmo pode acontecer no clitóris, porque é parte mais sensível ou foi bastante estimulada. Algumas mulheres, na masturbação ou no ato sexual, ao estimularem o clitóris, acabam por ter um orgasmo vaginal. Isso vai depender da sensibilidade de cada uma.




This article comes from Saúde Sexual - Informações sobre sexo e sexualidade
http://www.saudesexual.com/

The URL for this story is:
http://www.saudesexual.com/modules.php?op=modload&name=News&file=article&sid=109