Saúde Sexual - Informações sobre sexo e sexualidade

Diferenças Sexuais entre Homens e Mulheres

Articles / Comportamento
Date: Jul 09, 2007 - 09:24 AM

Por Adriana Sommer da Costa
Psicóloga e Sexóloga

As diferenças entre o homem e mulher são enormes, mas a persistência em reconhecer e aprender sobre elas é o que ajuda muitos casais a elaborar e a descobrir novas maneiras de melhorar o relacionamento. Tentar entender e buscar a compreensão destas diferenças é fundamental para a harmonia reinar entre os casais.



Muitos desentendimentos poderiam ser evitados. Pequenos conflitos que às vezes se tornam grandes problemas poderiam nem existir. Se homens e mulheres usassem a mesma linguagem... Mas não, isso não é possível. E isso não é culpa nem do homem e nem da mulher, apenas acontece porque homens e mulheres se comunicam, pensam, sentem, percebem, reagem, respondem, amam necessitam e apreciam de formas diferentes tudo o que está à sua volta. Podemos pensar até mesmo que estão falando línguas diferentes!

O homem, por sua natureza, é um ser racional. Já a mulher, um ser emocional. Porém, isto não significa dizer que as mulheres não agem com inteligência, elas apenas são, na maioria das vezes, movidas pelo coração. Está provado que elas são tão ou mais inteligentes que os homens.

Da mesma forma que mulheres não podem ser rotuladas como puramente emocionais, não se pode dizer que os homens são seres sem estas emoções. O homem, assim como a mulher, pode ser muito emocional, mas acontece que, na maioria das vezes, a razão é quem dita suas atitudes. Diante da sociedade em que estamos inseridos, o homem “precisa” ser e parecer forte e, para isto, “precisa” estar “desprovido” de certas emoções, como chorar na frente dos outros.

No aspecto sexual também há uma grande diferença entre homens e mulheres que se dá entre quatro paredes e antecede o ato sexual. A maior delas são os estímulos. Para o homem quase tudo é para fazê-lo perder a cabeça e se entregar nos jogos de amor, pois o homem é estimulado, principalmente, pelo sentido da visão. Apenas um olhar é o suficiente para que tudo comece a acontecer em seu corpo e suas fantasias. Por exemplo, basta ver a parceira trocar de roupa e ficar nua na sua frente, ou vê-la vestir algo bem sensual, para que os estímulos sexuais o coloquem em estado de alerta. É impressionante, mas mesmo que o homem não esteja pensando em sexo, uma rápida olhada ou um pequeno gesto, já basta para deixá-lo excitado. Um homem nunca se cansa de olhar, mesmo estando muito bem acompanhado, mas, se passar ao lado deles uma mulher que lhe chame a atenção, vai dar um jeitinho de olhar. É instinto o masculino.

Enquanto o olhar é o principal para iniciar todo um processo sexual no homem, para a mulher a estimulação vem de várias maneiras. Se para os homens, a visão é o gatilho da excitação, para a mulher é o contato físico, o tato. Ela precisa ser tocada e acariciada para que o processo de excitação sexual se inicie, não bastando apenas ver. Aliás, ver um homem nu não tem a menor graça, é muito mais charmoso vê-lo com uma sunga preta. Digo isso para reafirmar que não é a visão que excita uma mulher. Já para o homem, ver uma mulher nua é algo estonteante de prazer! Eles adoram!

O homem precisa estar sempre (re)descobrindo as partes mais excitantes do corpo de uma mulher, as que são mais sensíveis ao toque e ao prazer e tocar muito, com muito carinho e desejo, pois tudo isso ela irá sentir e responder.  É pelo toque também que ela vai saber como anda o tesão do parceiro e, assim, reagir a tais estímulos. A nuca, o joelho, as áreas em torno das axilas, as cochas, as orelhas, a ponta dos dedos, o pescoço, o umbigo, o clitóris, os cabelos, os seios, são alguns dos exemplos de áreas sensíveis ao toque no corpo da mulher.

Porém, além do tato, a mulher também é bastante estimulada pelo sentido da audição. Dizer palavras de carinho ou de carinhos mais “calientes” faz com que a mulher comece a pensar na possibilidade da relação sexual, acionando assim, todo um rico processo de excitação.

O ambiente do sexo também pode gerar excitamento. Enquanto o homem, na maioria das vezes, não se importa quanto ao lugar ou hora, a mulher já fica totalmente envolvida pelo meio em que se encontra. Um jantar à luz de velas, flores, música, lençóis macios, incensos, a barba do seu homem bem feitinha, uma linda camisola e a segurança de uma porta bem fechada (privacidade), são algumas das coisas que influencia a mulher na hora da relação.

A mulher, por ser muito emocional, necessita das emoções para ser estimulada. Não basta apenas um beijo nem um carinho qualquer, ela precisa estar completamente envolvida com o parceiro para que a relação possa ter sua participação efetiva.

O tempo também se torna um fator diferente entre homem e mulher. O homem geralmente quer uma relação imediata. Para ele o tempo é agora! Com a mulher, a relação que vai acontecer à noite já se inicia pela manhã. O sexo não começa quando ela já está na cama, é preciso uma espécie de ritual, de magia, pois se trata de uma entrega total ao homem.

Quanto à hora H, sabemos que para o homem, de dois a cinco minutos são suficientes para alcançar o orgasmo, e, no entanto, elas já necessitam de uns vinte minutos. Nossa! Quantas diferenças mesmo. Mas que bom que é assim, pois daí vem toda a completude que faz de homens e mulheres seres que buscam ser felizes um ao lado do outro.

Sexualidad en Español:
Posturas Sexuales - Kamasutra - Sexo Oral - Sexualidad - Masturbación




This article comes from Saúde Sexual - Informações sobre sexo e sexualidade
http://www.saudesexual.com/

The URL for this story is:
http://www.saudesexual.com/modules.php?op=modload&name=News&file=article&sid=119